App Caixa Tem possibilita movimentação do Pé-de-Meia


O Programa de Incentivo Educacional é uma nova abordagem para beneficiar jovens do ensino médio em todo o Brasil. Para compreender plenamente este programa inovador, vamos explorá-lo detalhadamente.

O que se entende pelo Programa de Incentivo Educacional?

O Programa de Incentivo Educacional é uma iniciativa do governo lançada em janeiro de 2024, com o propósito de oferecer um incentivo financeiro mensal, uma espécie de poupança, para estudantes do ensino médio que cumpram determinados critérios. O investimento anual neste programa é estimado em R$ 7,1 bilhões. A finalidade principal é fornecer um estímulo financeiro aos estudantes de baixa renda, encorajando-os a permanecer na escola e se envolver ativamente nas atividades acadêmicas.

Quem são os beneficiários do Programa de Incentivo Educacional?

O Programa de Incentivo Educacional destina-se a estudantes de baixa renda regularmente matriculados no ensino médio das redes públicas, em todas as modalidades. Além disso, é necessário que esses estudantes façam parte de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Os estudantes com renda per capita mensal igual ou inferior a R$ 218 terão prioridade.

Qual é o funcionamento do Programa de Incentivo Educacional?

Os estudantes que cumprirem os critérios do programa receberão nove parcelas mensais de R$ 200, caso tenham sua presença confirmada no mês ou médio no período letivo. Além do auxílio mensal, cada aluno receberá R$ 200 ao se matricularem no início de cada ano letivo. No total, cada aluno receberá R$ 9.200, com os pagamentos iniciando em março, conforme estabelecido pelo governo.

Calendário de pagamento do Programa de Incentivo Educacional

O calendário de pagamento do bônus de matrícula é organizado de acordo com o mês de aniversário dos alunos. Veja abaixo:

26 de março: nascidos em janeiro e fevereiro.
27 de março: nascidos em março e abril.
28 de março: nascidos em maio e junho.
1º de abril: nascidos em julho e agosto.
2 de abril: nascidos em setembro e outubro.
3 de abril: nascidos em novembro e dezembro.

Os depósitos serão efetuados em contas digitais abertas automaticamente pela Caixa Econômica Federal em nome dos estudantes.

Quem tem direito ao Programa de Incentivo Educacional?

Para ser elegível ao Programa de Incentivo Educacional, os estudantes devem satisfazer a determinados critérios. Eles devem:

– Ter uma frequência escolar mínima de 80% do total de horas letivas
– Realizar a matrícula no início de cada ano letivo
– Ser aprovados ao final do ano letivo
– Participar dos exames do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e, quando aplicável, dos exames realizados pelos sistemas de avaliação externa dos entes federativos para o ensino médio
– Participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para aqueles no último ano letivo do ensino médio público
– Participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), para os estudantes da EJA

Os procedimentos no Programa de Incentivo Educacional

Perfil Estudantil

O primeiro passo para o estudante é atualizar o aplicativo Caixa Tem e fazer o login. Se o estudante for menor de 18 anos, aparecerá a mensagem: “Verificamos que você está no programa de incentivo educacional do governo federal. Para ter acesso ao benefício, é necessário que a mãe, o pai ou o responsável legal siga o passo a passo referente ao seu perfil para liberar o estudante a movimentar a conta.” Após o desbloqueio, o aluno deve fazer um novo login e a conta estará ativa para utilizar todos os benefícios do aplicativo Caixa Tem.

Perfil Materno

Para permitir que o estudante menor de idade movimente a conta do Programa de Incentivo Educacional, a mãe deve atualizar o aplicativo Caixa Tem, fazer login e selecionar o ícone do programa. Em seguida, ela deve escolher a opção “Mãe do estudante” e inserir o CPF do filho/aluno. Após a confirmação dos dados do beneficiado, a mãe deve concordar com o Termo de Consentimento para continuar.

Perfil Paterno

No caso do pai do estudante, para autorizar o estudante menor de idade a movimentar a conta do Programa de Incentivo Educacional, o pai precisa realizar o mesmo procedimento: atualizar o aplicativo Caixa Tem, fazer login e selecionar o ícone do programa. Em seguida, ele deve escolher a opção “Pai do estudante”, inserir o CPF do aluno e confirmar os dados do beneficiado.

Como Verificar no Aplicativo Jornada do Estudante?

Os alunos podem verificar se foram contemplados pelo programa através do aplicativo Jornada do Estudante. Basta baixar o aplicativo na loja virtual do celular, Google Play ou App Store, fazer o download e fazer login com o gov.br.

Por que o Programa de Incentivo Educacional foi criado?

O Programa de Incentivo Educacional foi lançado como resposta à alta taxa de evasão escolar no país. De acordo com dados do IBGE, em 2023, 9 milhões de estudantes não conseguiram concluir o Ensino Médio no Brasil, sendo que 41,7% deles abandonaram os estudos devido à necessidade de trabalhar.

O programa tem como objetivo fornecer suporte financeiro aos estudantes para que possam continuar sua educação sem a obrigação de abandonar a escola para trabalhar.

O Programa de Incentivo Educacional é uma iniciativa fundamental para promover a educação financeira e a inclusão bancária no Brasil. Através de atividades educacionais e da possibilidade de realizar transações via Caixa Tem, o programa oferece uma valiosa oportunidade para os estudantes e suas famílias aprenderem sobre finanças e tomarem decisões financeiras embasadas.

📂 Benefícios Sociais