Como consultar o número do Bolsa Família

Você precisa descobrir seu número do Bolsa Família? Neste texto nós mostramos todas as opções disponíveis para você fazer a consulta


O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) tem o papel de assistir às necessidades de todos os cidadãos brasileiros, especialmente as de quem têm alto grau de necessidade e de vulnerabilidade.

Uma das medidas para isso é o programa Bolsa Família, que foi lançado no início do anos 2000 e que repassa ajuda financeira a milhões de pessoas todos os meses.

Esse programa abrange todas as regiões do Brasil e qualquer pessoa pode consultar a quantidade de cadastrados.

Os beneficiários também podem consultar o número do Bolsa Família; se você recebe o benefício, descubra neste texto como fazer essa consulta.


O que é o número do Bolsa Família?

O que é o número do Bolsa Família?

Consultar o número do Bolsa Família é o mesmo que consultar o NIS (Número de Identificação Social).

Este é o número que o MDS solicita para o cadastro das pessoas nesse programa de assistência e também é o número com o qual todas as informações referentes ao benefício são acessadas.

Com o número do Bolsa Família, dá para saber se o responsável em questão teve o benefício social autorizado e a sua condição: se ele está suspenso, se está regularizado, se existe convocação para recadastramento, etc.


Quais são as opções para consultar o número do Bolsa Família?

Consulta Cidadão

Para consultar o número do Bolsa Família, é indicado usar a página da Consulta Cidadão, desenvolvida Ministério do Desenvolvimento Social. É necessário:

  • Clicar aqui;
  • Escolher o município;
  • Inserir as informações que o sistema Consulta Cidadão pede;
  • Clicar em “Não sou um robô” e, logo em seguida, em “Emitir”

O resultado trará o número NIS ou número do Bolsa Família, e a pessoa poderá apenas anotá-lo ou, se preferir, imprimir a página.

A consulta em questão também pode ser feita pelo app do Consulta Cidadão para IOS e para Android.

Previdência Social

A previdência social também informa ao cidadão o seu NIS, e é bastante fácil consultar:

  • Deve-se ir ao site Meu INSS aqui;
  • Clicar, à direita, em “Entrar”;
  • Logo depois, clicar em “Login”;
  • Surgirá a página Gov.br, e será preciso colocar as informações pessoais;
  • O cidadão cria uma senha.

Depois disso, ele precisará logar-se no Meu INSS e visualizar as informações mostradas à direita; dentre elas, estará o NIS.


É possível consultar o número do Bolsa Família pelo SIBEC?

O Sistema de Benefícios ao Cidadão (SIBEC) é conhecido por seu uso na hora de consultar o Bolsa Família.

Devido a isso, muita gente acredita que consegue saber o NIS do Bolsa Família por meio dessa página, mas isso não é possível.

O SIBEC oferece a chamada Consulta Pública: ao colocar a região, o indivíduo visualiza a quanidade de beneficiários do Bolsa Família naquela parte do Brasil.

Porém, o NIS, que é um documento pessoal, não é publicado; afinal, o MDS não pode divulgar o documento de um cidadão.

O próprio beneficiário pode usar o SIBEC para consulta, mas é preciso que ele se identifique exatamente com o NIS (ou número do Bolsa Família), ou seja, ele só pode navegar pelo SIBEC se já conhecer esse número.


Como fazer o cadastro para o Bolsa Família

Como fazer o cadastro para o Bolsa Família

Para o cadastro no Bolsa Família é preciso ir ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS ou à prefeitura municipal.

Será necessário que um dos responsáveis legais compareça a um desses dois lugares e leve o seguinte:

  • Comprovante de residência atualizado;
  • CPF;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de renda atualizado;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Documento oficial de identificação com foto

Não basta que o representante legal leve os seus próprios documentos: ele deve levar os de toda a família.

Além disso, é recomendado que ele providencie uma declaração de frequência escolar, caso tenha pessoas de até 17 anos na família e que ainda estejam na educação básica.

O cadastro de Bolsa Família será deferido em até três meses pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Com a aprovação do benefício, o representante legal terá de se informar na Caixa Econômica Federal sobre a retirada do Cartão Bolsa Família, para os saques.


Quem tem direito a receber o Bolsa Família?

O cadastro para o Bolsa Família só pode ser realizado por pessoas que tenham renda per capita de até R$ 178,00; contudo, se a renda per capita é de até R$ 89,00, a família tem prioridade por se configurar em extrema pobreza.

A renda per capita não interfere em quanto será pago mensalmente pelo Ministério do Desenvolvimento Social: apenas acelera a aprovação da assistência.

O valor mínimo pago aos beneficiários é de R$ 89,00 por mês e este sofre acréscimo de R$ 41,00 na existência de grávidas e de pessoas até os 15 anos.

O acréscimo ao valor básico pode ser de R$ 48,00 se a família tem jovens de 16 ou de 17 anos.

Deixe um comentário