Como fazer consulta do Bolsa Família pela internet

Confira todas as opções que as famílias beneficiárias possuem para fazer a consulta Bolsa Família pela internet

É bastante fácil encontrar cidadãos brasileiros que sejam beneficiados pelo Bolsa Família, uma vez que esse é o programa de transferência de renda com maior abrangência nacional.

Criado em 2003, ele promove melhorias gerais na vida da população, inclusive na sua escolaridade e no cuidado da sua saúde.

As pessoas que recebem o benefício ou que o solicitaram podem fazer consultas sobre ele usando a Internet.

Aliás, aqueles que não usam o Bolsa Família, mas que desejam se informar a respeito dele, também podem utilizar esse banco de dados. Veja neste artigo como fazer isso.


Como funciona o programa Bolsa Família?

Com esse programa de transferência de renda, a família recebe depósitos mensais cujo valor pode variar.

O Ministério do Desenvolvimento Social acompanha esses núcleos familiares de maneira intensa, especialmente garantindo que os seus integrantes estejam vacinados e que as suas crianças e os jovens estejam na escola e com frequência regular.

No caso de as pessoas não conseguirem sacar a quantia do mês, ela se acumula com a do mês seguinte e isso pode ser feito por até trinta dias: o que tiver sido depositado há mais tempo que isso será “perdido” e o beneficiário não poderá sacar mais.

A respeito do funcionamento do Bolsa Família, é importante dizer que esse benefício não é pago para sempre:  assim que os assistidos saem da condição de pobreza ou de extrema pobreza, ele é retirado e transferido para outra família que necessite.

Como fazer consulta do Bolsa Família pela internet


Como fazer cadastro no Bolsa Família?

Quem precisa desse programa de transferência de renda tem de procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), presente na maioria das cidades (no caso das que não tiverem o CRAS, basta se dirigir até a Prefeitura).

Os documentos obrigatórios para se inscrever no Bolsa Família são:

  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante de residência;
  • Documento de identidade;
  • Comprovante de renda;
  • Título de eleitor;
  • CPF;
  • Certidão de casamento ou nascimento.

O pedido do Bolsa Família será analisado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e a resposta é dada pelo próprio CRAS em até noventa dias.


Como fazer consulta do Bolsa Família pela Internet?

A consulta virtual serve para que o cidadão que solicitou a assistência confirme que está no banco de beneficiados.

A informação é concedida pelo Sistema de Benefícios ao Cidadão, conhecido como SIBEC e que é administrado pela Caixa Econômica Federal.

Na página, é preciso selecionar se a consulta pela Internet será baseada na cidade, no Estado ou na família.

Ao clicar em uma dessas três formas de pesquisa, o interessado precisará apenas colocar o NIS do beneficiário ou utilizar como filtro os meses dos pagamentos e a localidade.


Quais são os valores do Bolsa Família?

Há algumas pessoas que têm direito a um benefício mais alto porque sua família tem crianças, jovens de até 17 anos, lactantes ou grávidas.

Esse grupo de pessoas recebe o que é chamado de benefício variável: é uma quantia que o Ministério do Desenvolvimento Social paga em acúmulo ao benefício básico, que é de R$ 89,00.

A respeito do benefício variável, ele é de R$ 41,00 por cada criança, lactante ou grávida da família; entretanto, ele é de R$ 48,00 para cada ovem de até 17 anos. A maioria dos assistidos pela Bolsa Família recebe como teto até R$ 300,00.


É possível fazer a consulta do Bolsa Família suspenso pela Internet?

O Bolsa Família sempre pode ser cancelado: basta que o cidadão beneficiado não siga as determinações do Ministério do Desenvolvimento Social. Essas determinações incluem o seguinte:

  • Os jovens e crianças devem ter presença regular na escola;
  • As lactantes e as grávidas precisam de acompanhamento médico rigoroso. No caso das grávidas, o seu pré-natal não pode atrasar e deve ser feito todo no Sistema Único de Saúde;
  • Os beneficiários têm de passar pelo recadastramento a cada dois anos;
  • Quando algum membro da família mudar de faixa salarial ou de emprego, deve-se procurar o CRAS para comunicar o governo federal;
  • Deve-se providenciar a regularização da carteira de vacinas;
  • É preciso avisar o CRAS também se a composição familiar mudar por qualquer motivo: porque um parente se mudou, porque houve separação conjugal, etc.

A consulta do Bolsa Família pela Internet pode servir, sim, para a pessoa saber se está com o benefício suspenso.

Basta que ela faça a consulta por família e, se não constar na lista, a assistência não está ativa.

Como fazer consulta do Bolsa Família pela internet


Como fazer a consulta do benefício do Bolsa Família?

Se o beneficiário precisa saber quanto está acumulado em seu Bolsa Família, ele pode ir ao correspondente Caixa Aqui para pedir o saldo, fazendo o mesmo na Caixa Econômica Federal ou nas casas lotéricas (sempre com o documento de identidade).

Outra opção muito prática e bastante utilizada pelas beneficiárias para consultar o saldo é o aplicativo do Bolsa Família.

Como fazer consulta do Bolsa Família pela internet
5 (100%) 1 voto[s]

Deixe um comentário