Como fazer a consulta pública do Bolsa Família

Veja as orientações do texto e saiba como fazer a consulta pública Bolsa Família

Administrado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o Bolsa Família é a principal forma de auxílio no país para pessoas que estão em extrema pobreza ou pobreza.

Trata-se de um benefício mensal que é pago às famílias que têm renda per capitas mais baixa que R$ 178,00, além de haver benefícios adicionais para perfis mais vulneráveis, como crianças de até 15 anos.

O Bolsa Família é depositado para pessoas do país inteiro e não existe um tempo-limite para que ele seja pago. Isso quer dizer que a família pode receber esse suporte financeiro por anos, apesar de haver acompanhamento rigoroso do Ministério do Desenvolvimento Social para que não ocorrem fraudes.

Por causa da extensão do Bolsa Família, é natural que informações sobre ele sejam procuradas por diversas pessoas, como estudiosos de fenômenos sociais, economistas e muito mais.

Todos esses podem saber informações gerais sobre o programa utilizando a Consulta Pública.

Existem alguns dados que, não sendo pessoais de cada família, mas sim da região, podem ser acessados por qualquer um no link https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp. Porém, o acesso restrito é unicamente para aqueles que recebem o benefício.


Bolsa Família consulta pelo CPF

A consulta utilizando o CPF não é de âmbito público e serve para que as pessoas beneficiadas saibam quanto de Bolsa Família têm para sacar.

Esse controle é necessário porque o benefício pode ser acumulado por até três meses, o que impede de saber a cifra exata sem fazer essa consulta.

Acessando http://www.caixa.gov.br/programas-sociais/bolsa-familia/Paginas/default.aspx, o titular precisará colocar seu CPF e também o Número de Identificação Social (NIS).

Se ele não puder fazer essa consulta pelo site da Caixa Econômica Federal, ele pode procurar uma agência, com esses documentos.

Além disso, o cidadão que tiver dificuldades em saber o seu NIS pode pergunta-lo à agência da Caixa.

Como fazer a consulta pública do Bolsa Família


Como fazer a consulta do Bolsa Família pelo Portal da Transparência?

O Portal da Transparência é um método de os órgãos do Governo mostrarem à população o quanto estão gastando.

Isso também diz respeito ao Bolsa Família: como é um gasto público, os cidadãos podem acompanhar quanto de verba é dispensada para esses benefícios.

Para isso, acessa-se http://www.portaltransparencia.gov.br/ e clica-se em “Consultas temáticas”; em seguida, é preciso localizar “Bolsa Família” e determinar qual será o ano de referência: escolhendo 2019, por exemplo, serão apresentados todos os gastos com esse benefício social naquele ano.

Aquele que conhece alguém que está no Bolsa Família também pode consultar especificamente os depósitos para ela.

Entretanto, será preciso saber o nome completo desse titular e a aba para localizá-lo é “Por favorecido” e, em seguida, “Pessoas Físicas”.

A consulta ao Portal da Transparência é fundamental para que a população saiba se os gastos que são anunciados correspondem ao que está registrado.

Dessa maneira, os brasileiros percebem a possibilidade de fraude e os órgãos especializados podem solicitar explicações ao Ministério do Desenvolvimento Social.


Onde fazer o cadastro do Bolsa Família?

O pedido do Bolsa Família precisa ser feito no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

A pessoa precisará levar comprovante de endereço e de renda de todos os que moram com ela, a fim de atestar que a renda per capita não passa de R$ 178,00.

Para pedir os benefícios variáveis, será preciso confirmar que há mulheres lactantes na casa, adolescentes entre os 16 e os 17 anos, grávidas ou crianças de até 15 anos.

No caso das grávidas, é possível que seja pedido um exame de gravidez feito no SUS: a mulher pode providenciá-lo e depois mostrá-lo ao CRAS.

Se o município não tiver nenhum posto desse, o cidadão pode pedir o Bolsa Família diretamente na Prefeitura e o trâmite documental será o mesmo.


Como consultar se o Bolsa Família foi aprovado?

Virtualmente, os solicitantes podem conferir se o Bolsa Família foi aprovado utilizando o site de consulta pública: https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp.

Clicando em “Consultar benefício por família”, o titular coloca o seu documento e, se ele fizer parte dos assistidos, aparecerá na lista.

Outra forma de os requerentes saberem se o Bolsa Família foi aprovado é retornar ao CRAS ou à Prefeitura com o documento pessoal e com o protocolo de que o benefício foi pedido.

Cabe lembrar que o Ministério do Desenvolvimento Social demora até três meses para aprovar ou não alguma família.

Se ele recusar essa solicitação de benefício, o CRAS ou a Prefeitura dará uma justificativa ao cidadão, que tem o direito de trocar a documentação e pedir o Bolsa Família de novo.

Como fazer a consulta pública do Bolsa Família


Condicionalidades do Bolsa Família

Cabe dizer que, após o benefício social ser concedido, existem várias regras: as crianças não podem ter faltas excessivas na escola, as grávidas têm de realizar o pré-natal rigorosamente no SUS, as mulheres da casa têm de fazer acompanhamento médico e qualquer mudança de endereço tem de ser avisada.

Outras duas regras importantes são fazer o recadastramento a cada dois anos e avisar sobre mudanças na constituição familiar.

Como fazer a consulta pública do Bolsa Família
Gostou das informações? Deixe a sua avaliação!

Deixe um comentário