Veja como funciona o Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de assistência social criado em 2002 pelo governo federal e administrado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Ele tem como objetivo principal disponibilizar uma renda mensal a todos os brasileiros que estejam em condições de pobreza e pobreza extrema.

Além disso, o Bolsa Família oferece outras garantias adicionais à população, como acesso à educação, saúde e assistência social. De modo geral, o programa atua como um sistema de apoio para que as famílias beneficiadas possam se desenvolver e deixar a condição de vulnerabilidade social.

Como receber

bolsa-familia-como-funciona

O governo federal faz pagamentos mensais para as famílias inscritas no programa Bolsa Família.  Para sacar o benefício, cada família recebe um cartão que geralmente é emitido no nome da mulher. O valor do benefício varia de acordo com o tamanho da família, a renda dos familiares e a idade que eles possuem. Famílias com crianças, gestantes, mães em período de amamentação e jovens de até 17 anos têm direito a receber valores específicos.

Quem pode receber o Bolsa Família?

Os benefícios do Bolsa Família são voltados a famílias com três níveis de renda:

  • Famílias com renda de até R$ 77,00 por pessoa;
  • Famílias com renda entre R$ 77,01 e R$ 154,00 por pessoa, que tenham membros gestantes ou em período de amamentação, crianças de 0 a 12 anos e adolescentes de até 15 anos;
  • Famílias com renda de zero a R$ 154 por pessoa, que tenham adolescentes de 16 e 17 anos.

Para começar a receber a renda mensal, as famílias precisam passar pelas etapas de cadastramento e seleção.

Cadastro Único

Para receber o Bolsa Família, primeiro você precisa se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. É através das informações apresentadas no CadÚnico que o governo seleciona as famílias para participar do programa. Se a sua família possui todas as condições para receber a renda mensal, você deve fazer o registro no Cadastro Único e dar início ao processo de cadastramento.

Como se cadastrar no Bolsa Família

Para se cadastrar no Bolsa Família, vá até a central do programa na sua cidade e procure o setor responsável pelo programa. Você deverá apresentar seus documentos de identificação e preencher um formulário para inscrever sua família no Cadastro Único. Depois disso, você deve aguardar a seleção do governo. Essa triagem é realizada mensalmente e tem como critério a renda de cada membro da família. Por isso, é muito importante que você mantenha seus dados sempre atualizados no Cadastro Único e informe qualquer mudança relacionada a emprego, casamento, separação, nascimento, morte ou adoção. Para saber se o seu pedido foi aceito, você deve receber um comunicado no endereço informado no seu cadastro.

Documentos para se cadastrar no Bolsa Família

Quando você for fazer o cadastro no Bolsa Família, lembre-se de levar sua carteira de identidade, seu CPF e o seu título de eleitor. Sem eles não será possível fazer a sua inscrição no CadÚnico.

Regras para receber o Bolsa Família

Essas são as etapas e condições que você deve cumprir para ser aprovado no Bolsa Família.

1. Cadastrar a família no Cadastro Único;

2. Ser aprovado na seleção do Ministério do Desenvolvimento Social de Combate à Fome (MDS);

3. Se houver gestante na família, ela precisa comparecer às consultas de pré-natal estabelecidas pelo Ministério da Saúde (MS);

4. Se houver mãe em período de amamentação, ela deve comparecer a atividades educativas promovidas pelo Ministério da Saúde sobre aleitamento materno saudável;

5. Manter em dia o cartão de vacinação das crianças entre 0 e 7 anos;

6. Acompanhar a saúde de mulheres entre 14 e 44 anos;

7. Garantir pelo menos 85% de frequência escolar a crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75% a adolescentes de 16 e 17 anos.

Tipos de benefícios do Bolsa Família

Básico

Disponibilizado a famílias em condição de extrema pobreza. O valor do benefício é de R$ 77,00 mensais, independente da formação familiar;

Variável

Disponibilizado a famílias pobres e extremamente pobres que tenham gestantes, mães em período de amamentação e crianças e adolescentes de 0 a 17 anos. O valor mínimo do benefício é de R$ 35,00. Cada família pode ter até 5 beneficiados, totalizando R$ 175,00.

Variável para Jovem

Disponibilizado a famílias pobres e extramente pobres que tenham adolescentes entre 16 e 17 anos matriculados na escola. O valor mínimo do benefício é de R$ 42,00. Cada família pode ter até dois beneficiados, totalizando R$ 84,00.

Variável para Gestante

Disponibilizado a famílias pobres e extramente pobres que tenham gestantes ou mães em período de amamentação. O benefício é pago em até 9 parcelas de R$ 35,00.

Superação da Extrema Pobreza

Disponibilizado a famílias em condição de extrema pobreza. O benefício varia de acordo com a renda de cada membro da família e também do valor já recebido pelo programa Bolsa Família. Essa opção visa garantir uma renda mínima mensal por pessoa de R$ 77,01. O valor máximo para cada família é de R$ 336,00.

Como receber os benefícios

Você pode receber o pagamento do Bolsa Família nos seguintes locais:

  • Agências da Caixa
  • Casas lotéricas
  • Caixas automáticos da Caixa
  • Unidades do Caixa Aqui

Se você estiver sem o cartão do Bolsa Família, é possível receber o pagamento apresentando um dos seguintes documentos nas agências da Caixa ou nas casas lotéricas:

  • Carteira de identidade;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto;
  • Certidão de nascimento;
  • Certidão de casamento;
  • Carteira de Trabalho;
  • Carteira do registro em órgão de classe;
  • Guia de pagamento (pode ser emitida em qualquer agência da Caixa).

Como desbloquear o cartão

Você pode desbloquear o cartão do Bolsa Família em uma agência da Caixa Econômica Federal ou em qualquer casa lotérica da sua cidade. No momento do desbloqueio, você também deve cadastrar a senha que será utilizada para realizar os saques.

Calendário de pagamentos

A ordem de pagamentos dos benefícios é estabelecida pelo Calendário do Bolsa Família. A data que você recebe o benefício todos os meses é determinada pelo número final do NIS. Os benefícios são liberados sempre nos últimos 10 dias úteis do mês.

Essas foram as informações sobre o funcionamento do Bolsa Família. Se elas foram úteis para você,  compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E se você tiver alguma dúvida, escreva sua pergunta na seção de comentários.

Veja como funciona o Bolsa Família
Gostou das informações? Deixe a sua avaliação!

10 Comentários

  1. Juliana 13 de janeiro de 2016
    • Programa Bolsa Família 14 de janeiro de 2016
  2. egidia 24 de junho de 2016
    • Programa da Bolsa Família 14 de julho de 2016
  3. vitoria 11 de julho de 2016
    • Programa da Bolsa Família 28 de julho de 2016
  4. cleusa beatriz lima de oliveira 21 de agosto de 2016
    • Programa da Bolsa Família 15 de setembro de 2016
  5. Anne 18 de outubro de 2016
    • Programa Bolsa da Família 2 de dezembro de 2016