Como funciona a pesagem do Bolsa Família

Se você tem dúvidas sobre a pesagem do Bolsa Família, acompanhe as orientações deste artigo e veja como funciona o procedimento

Para muitos, o objetivo do Bolsa Família é apenas ajudar nas necessidades financeiras dos cidadãos na extrema pobreza ou pobreza.

Contudo, o programa do Ministério do Desenvolvimento Social tem outros objetivos além desse: de fato, o principal é garantir que as famílias tenham melhores condições de vida, inclusive educação e estejam bem nutridas.

Para acompanhar o último quesito existe a pesagem do Bolsa Família, que é um procedimento feito nos postos de saúde, na maioria das vezes.

Essa atividade visa mostrar ao MDS que o dinheiro pago mensalmente está sendo empregado no que é mais essencial: alimentação de qualidade.

É claro que o benefício também pode ser usado pelos cidadãos para outros tipos de despesa; todavia, a boa alimentação precisa ser a prioridade para todos os assistidos, especialmente se há menores de idade, grávidas ou lactantes.

Saiba agora as informações mais importantes sobre a pesagem do Bolsa Família.


Como dar entrada no Bolsa Família

Cidadãos de todos os Estados pode pedir o benefício com os documentos abaixo:

  • Comprovante de renda atualizado;
  • Documento de identidade oficial com foto;
  • Comprovante de endereço;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Declaração de frequência escolar para os menores de idade;
  • Título de eleitor

Deve-se levar os documentos acima relacionados ao CRAS da cidade ou à Prefeitura por um dos responsáveis pela família.

Porém, o Bolsa Família só pode ser requerido por quem tem renda per capita máxima de R$ 178,00.

O Ministério do Desenvolvimento Social responderá em até três meses sobre o pedido do benefício e, geralmente, a resposta é recebida no CRAS ou na Prefeitura.

Se houver negativa, o requerente ficará sabendo o porquê e, se desejar, o pedido do Bolsa Família pode ser realizado de novo.

Já em caso de afirmativa, o requerente será orientado sobre como utilizar o cartão do Bolsa Família, inclusive como fazer o seu desbloqueio e muito mais informações.

Como funciona a pesagem do Bolsa Família


Qual é o valor pago no Bolsa Família?

A partir do dia em que o Ministério do Desenvolvimento Social autorizou o benefício para determinada família, esta passa a ter direito de receber R$ 89,00 por mês e esse é o valor do benefício básico.

Contudo, existem casos nos quais há mulheres grávidas na casa, assim como adolescentes de 16 ou 17 anos, lactantes ou crianças; sendo assim, acrescenta-se o benefício adicional.

Se houver adolescentes de 16 ou 17 anos, o adicional é de R$ 48,00 por cada um; para todos os demais, o adicional é de R$ 41,00 por cada um.

Considerando que a família tenha o máximo de benefícios adicionais possíveis, ela pode receber até R$ 300,00 todos os meses.

Quem tem o Cartão Bolsa Família faz os saques em qualquer casa lotérica, caixas eletrônicos e correspondente Caixa Aqui.

Quem tem só o documento pessoal pode sacar apenas na agência Caixa.


Quem deve fazer a pesagem do Bolsa Família?

A pesagem serve para avaliar o peso das mulheres e das crianças que são assistidas pelo benefício social; homens não costumam estar dentre os convocados para ser pesados.

A intenção é ter certeza de que a nutrição familiar está sendo melhorada: caso a família seja beneficiada e as crianças estejam desnutridas, é muito possível que o MDS faça uma investigação para saber se o dinheiro está sendo utilizado pelos responsáveis para outras finalidades.

Ela acontece no posto de saúde do bairro ou no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e os cidadãos que não comparecem ficam sujeitos a ter o benefício bloqueado.

As pessoas cujo peso é acompanhado são as mulheres com idade entre 14 e 44 anos e as crianças abaixo dos 7 anos.


O que acontece se a pesagem do Bolsa Família não for feita?

O posto de saúde e o CRAS farão as anotações de quais familiares foram pesados, o dia e qual foi o peso.

Sendo assim, é fácil para o MDS descobrir se alguém não compareceu à pesagem e, por causa disso, cancelar o benefício.

Se o cidadão não pode se apresentar para pesagem porque estava doente, por exemplo, ou qualquer outra situação de gravidade, pode-se fazer uma carta ao governo federal explicando a condição, carta essa que tem de ser redigida no CRAS ou na Prefeitura.

Em até um mês, o MDS envia a sua decisão, ou seja, se o benefício será reativado.

Contudo, quem não possui uma justificativa para ter faltado à pesagem pode ter o Bolsa Família encerrado completamente. Em situações assim, uma das opções é fazer a solicitação de novo.

Como funciona a pesagem do Bolsa Família


Como saber quando fazer a pesagem do Bolsa Família?

As datas de pesagem são avisadas por meio de cartazes nos postos de saúde e no CRAS.

Geralmente, ela acontece uma vez por semestre e o cidadão que estiver em dúvida sobre o período pode contatar a UBS ou o Centro de Referência em Assistência Social para saber as datas.

Como funciona a pesagem do Bolsa Família
5 (100%) 1 voto[s]

Deixe um comentário