Homem tem direito a receber Bolsa Família?

Muitas pessoas se perguntam se homem tem direito bolsa familia; veja as explicações neste texto e entenda como funcionam as regras do programa


O Bolsa Família é pago regularmente aos cidadãos que se encontram em situação de pobreza ou de extrema pobreza, sendo um recurso do Ministério do Desenvolvimento Social desde o ano de 2003.

Milhões de brasileiros já entraram e saíram desse programa de renda e um número bem expressivo de solicitações é feito por mulheres.

É por causa disso que algumas pessoas têm a seguinte dúvida: será que homem tem direito a receber Bolsa Família? Será que apenas as mulheres têm a possibilidade de requisitar esse benefício social? Fique sabendo aqui.


Como funciona o Bolsa Família?

Esse programa de assistência social tem o intuído de pagar até R$ 300,00 mensais para as famílias que têm pouca renda e, por isso, têm a sua dignidade afetada.

Há diversas regras para que esses cidadãos entrem no Bolsa Família e para que eles permaneçam; além disso, o governo federal pode fazer auditorias para conferir se há pessoas recebendo o benefício indevidamente.

Os pagamentos, como dito, são realizados mensalmente e o valor é diferente para cada família, dependendo de alguns critérios que serão mencionados mais abaixo.

Os saques têm de ser feitos na Caixa Econômica Federal ou em instituições autorizadas por ela, com o destaque de há acúmulo eventual de até três meses de pagamentos.

Como funciona o Bolsa Família


Critérios para receber o Bolsa Família

Para o cidadão receber o Bolsa Família, não basta que ele se apresente como tendo baixa renda: é obrigatório que a renda per capita máxima não ultrapasse os R$ 178,00.

Cabe lembrar que a renda per capita é determinada somando todos os ganhos dos moradores da casa e dividindo pelo número destes.

Uma casa na qual duas pessoas trabalhem (cada uma com salário de R$ 300,00) e na qual morem cinco pessoas tem renda per capita de R$ 120,00, ou seja, seria possível requisitar o Bolsa Família.


Homem pode receber Bolsa Família?

Sim, qualquer homem que tenha a renda per capita máxima citada acima pode pedir o Bolsa Família.

Sendo assim, essa assistência social não é exclusiva para mulheres, mas para qualquer brasileiro, até mesmo os que não têm filhos ou não são casados.


Como pedir o Bolsa Família

O benefício tem de ser pedido no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou, na falta deste, na Prefeitura. Para o pedido, o cidadão terá de levar:

  • Comprovante de endereço que seja atualizado;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Comprovante de renda atualizado;
  • Título de eleitor;
  • Documento de identidade;
  • Certidão de casamento ou de nascimento;

Para que o comprovante de endereço ou de renda seja considerado atualizado, é necessário que ele não tenha mais que dois meses.

Importa dizer que o comprovante de renda não deve ser apenas de quem pede o Bolsa Família, mas sim de todas as pessoas daquela casa que têm um emprego formal.

A solicitação feita no CRAS ou na Prefeitura leva até três meses para ser analisada pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Todas as documentações, especialmente a renda e a composição familiar, serão avaliadas para que esse benefício seja pago ou não.

Na eventualidade de o governo federal negar o Bolsa Família, haverá uma justificativa e o cidadão poderá tentar de novo.


Qual é o valor do Bolsa Família?

Os valores pagos pelo Ministério do Desenvolvimento Social são determinados de acordo com que faz parte da família:

  • Se há crianças entre 0 e 15 anos, grávidas ou lactantes, é pago R$ 41,00 como adicional por cada um;
  • Se há jovens de 16 ou 17 anos, então o benefício adicional pago é de R$ 48,00 para cada um desses adolescentes;
  • Independente dessas especificidades, a família recebe R$ 89,00, que é chamado de benefício básico.

O benefício básico é depositado a todos os cidadãos que estão no Bolsa Família por tempo indeterminado. Isso não acontece, porém, com os benefícios variáveis: como eles estão condicionados à gravidez, lactação ou idade dos componentes da família, ele tem prazo de duração.

Qual é o valor do Bolsa Família?


Como sacar o Bolsa Família

O saque é parecido com o de outros benefícios que o brasileiro tenha, inclusive os trabalhistas: têm datas pré-determinadas, de acordo com a identificação de cada assistido.

Isso é indispensável para que não haja um caos: isso aconteceria se todos os beneficiários fossem às agências e correspondentes da Caixa ao mesmo tempo.

O site da Caixa Econômica Federal tem um calendário que é mensalmente atualizado: http://www.caixa.gov.br/programas-sociais/bolsa-familia/Paginas/default.aspx. O beneficiário tem de identificar o último número do seu NIS e visualizar, na tabela, quais são os dias de pagamentos correspondentes.

Para sacar, o indivíduo precisará do seu cartão do Bolsa Família e do seu documento pessoal. Além das agências, dá para fazer os saques em qualquer casa lotérica.

Se a pessoa não retirar sua parcela por alguma razão, poderá fazê-lo cumulativamente em até três meses, perdendo-a depois disso.

Homem tem direito a receber Bolsa Família?
5 (100%) 1 voto[s]

Deixe um comentário