Programa da Bolsa Familia


 


Como consultar o número do Bolsa Família

Você precisa descobrir seu número do Bolsa Família? Neste texto nós mostramos todas as opções disponíveis para você fazer a consulta

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) tem o papel de assistir às necessidades de todos os cidadãos brasileiros, especialmente as de quem têm alto grau de necessidade e de vulnerabilidade.

Uma das medidas para isso é o programa Bolsa Família, que foi lançado no início do anos 2000 e que repassa ajuda financeira a milhões de pessoas todos os meses.

Esse programa abrange todas as regiões do Brasil e qualquer pessoa pode consultar a quantidade de cadastrados.

Os beneficiários também podem consultar o número do Bolsa Família; se você recebe o benefício, descubra neste texto como fazer essa consulta.


O que é o número do Bolsa Família?

O que é o número do Bolsa Família?

Consultar o número do Bolsa Família é o mesmo que consultar o NIS (Número de Identificação Social).

Este é o número que o MDS solicita para o cadastro das pessoas nesse programa de assistência e também é o número com o qual todas as informações referentes ao benefício são acessadas.

Com o número do Bolsa Família, dá para saber se o responsável em questão teve o benefício social autorizado e a sua condição: se ele está suspenso, se está regularizado, se existe convocação para recadastramento, etc.


Quais são as opções para consultar o número do Bolsa Família?

Consulta Cidadão

Para consultar o número do Bolsa Família, é indicado usar a página da Consulta Cidadão, desenvolvida Ministério do Desenvolvimento Social.… Clique aqui para ler o post completo

Qual é o limite de salário para receber o Bolsa Família?

Confira as informações atualizadas e entenda como funciona o limite de salário para Bolsa Família

Os cidadãos que têm baixa condição financeira são instruídos pelos órgãos de assistência social da sua cidade a solicitar o Bolsa Família: desde o seu surgimento, novas famílias são cadastradas todos os dias, recebendo R$ 89,00 mensais, no mínimo.

Para essa assistência, porém, existe um limite de salário e, neste artigo, ele será explicado: o que ele é, como o governo federal faz o cálculo e quais são as faixas de benefício.


O que é o limite de salário para receber Bolsa Família?

O limite de salário para receber Bolsa Família é a renda per capita máxima que o solicitante precisa ter.

É com a avaliação dessa renda (ou do limite de salário) que o Ministério do Desenvolvimento Social determina quem terá o Bolsa Família aprovado.

O termo “limite de salário” sempre deve ser entendido pelo requerente, portanto, como a divisão de toda a renda pelo número de familiares.

Qual é o limite de salário para receber o Bolsa Família?


Qual é o limite de salário para receber Bolsa Família?

O limite de salário para receber Bolsa Família é dividido em dois tipos:

  • R$ 178,00, o que caracteriza a situação de pobreza;
  • R$ 89,00, o que caracteriza a situação de extrema pobreza

Pensado em uma família com cinco integrantes, o limite de salário para quem está em condição de pobreza seria de R$ 890,00.

Se a família tiver apenas isso de renda mensal, terá a possibilidade de pedir o Bolsa Família. Para ser classificada como “extrema pobreza”, essa mesma família com cinco integrantes precisa que seu provedor receba mensalmente R$ 445,00.… Clique aqui para ler o post completo

Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único

Confira as orientações e saiba o que é necessário para fazer agendamento CRAS SP para atendimento do Cadastro Único

O Cadastro Único é uma espécie de inventário no qual o governo federal relaciona todas as pessoas que recebem assistência social.

Provavelmente, o programa público mais associado ao CadÚnico seja o Bolsa Família e todos os interessados precisam se apresentar ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Suas unidades estão em vários lugares de São Paulo e, na capital, os cidadãos podem agendar o atendimento para CadÚnico pela Internet.

Veja aqui como realizar o agendamento.


Programas sociais relacionados ao CadÚnico

A família que faz parte do Cadastro Único do governo federal pode solicitar participação em vários programas:

  • Bolsa Família – principal programa de complemento de renda do governo federal
  • Tarifa Social de Energia Elétrica – com ela, as famílias vulneráveis têm kWh à disposição e sua conta de energia fica mais baixa;
  • Minha Casa Minha Vida – uma iniciativa nacional na área da habitação, tem o objetivo de oferecer financiamentos de imóveis residenciais mais acessíveis;
  • Aposentadoria para pessoas de baixa renda – permite que o cidadão pague contribuição previdenciária mais baixa;
  • Isenção de taxa para os participantes de concursos públicos, vestibulares ou ENEM;
  • Carteira do Idoso – permite que os cidadãos com idade mínima de 60 anos tenham descontos e, viagens interestaduais ou viagem de graça.

Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único


Como funciona o CRAS

O CRAS é um serviço público que a população usa para dar entrada em programas sociais e para receber auxílio em várias esferas, inclusive psicológica.… Clique aqui para ler o post completo

Como participar Bolsa Família Silvio Santos

Confira as regras do programa e saiba o que é necessário para participar do Bolsa Família Silvio Santos

Quase todos os brasileiros desejam um dinheiro a mais para realizar determinado sonho, investir, etc.

Além disso, muitos querem conhecer o apresentador Sílvio Santos e ter a possibilidade de ganhar prêmios consideravelmente caros.

Tudo isso acontece de uma só vez para quem participa do programa Bolsa Família do Silvio Santos.

Esse quadro existe no seu programa dominical, que fica no ar das 20h até meia noite, e já recebeu muitos participantes.

Aprenda aqui como participar do Bolsa Família do SBT e tudo a respeito dessa atração.


Quais são os prêmios do Bolsa Família do Silvio Santos?

As famílias podem ganhar até meio milhão de reais, além de prêmios como:

  • Helicóptero de controle remoto;
  • Rádio;
  • Notebook;
  • Relógio masculino;
  • Tablet;
  • Panela elétrica;
  • Batedeira;
  • Smartphone;
  • Bicicleta;
  • Relógio infantil;
  • Barbeador elétrico;
  • Câmera fotográfica;
  • Liquidificador;
  • Cafeteira;
  • Máquina de costura;
  • TV;
  • iPod;
  • Kits da marca de cosméticos Jequiti.

Destaca-se que os participantes não precisam escolher entre um dos prêmios listados: eles podem levar vários deles, dependendo das bolsas que sortearem; aliás, esse sorteio será explicado a seguir.

Não se sabe as marcas dos prêmios que são oferecidos: a não ser do iPod, que é fabricado unicamente pela Apple, a mesma fabricante dos iPhones.

Porém, mesmo sem o nome específico da marca, sabe-se que os produtos dados no Bolsa Família do Sílvio Santos são de boa qualidade.

Como participar Bolsa Família Silvio Santos


Como funciona o Bolsa Família do Sílvio Santos

Os membros da família que podem participar do jogo são os pais, filhos e avós, totalizando quatro pessoas.… Clique aqui para ler o post completo

Como funciona o Cartão Material Escolar GDF

Muitas pessoas têm significativa dificuldade na hora de comprar os materiais escolares, ainda que sejam os mais básicos.

Todavia, esses materiais são fundamentais para que as crianças e adolescentes possam aprender devidamente e o Governo do Distrito Federal tem uma forma de ajudar esses cidadãos: é o Cartão Material Escolar.

Veja todos os detalhes sobre esse cartão e que famílias podem recebe-lo.


Para quem o Cartão Material Escolar GDF é liberado?

Esse cartão só é emitido a famílias que colocaram seus filhos na educação pública até 20 de fevereiro, com a obrigatoriedade também de elas serem assistidas pelo Bolsa Família.

Isso quer dizer que a renda per capita máxima será de R$ 178,00, além de esses menores de idade estarem com as suas vacinas em ordem e terem 75% ou mais de frequência escolar.

Como funciona o Cartão Material Escolar GDF


Como funciona o Cartão Material Escolar GDF

Diversos estabelecimentos no Distrito Federal têm parceria com a Secretaria de Educação e, por isso, recebem o pagamento no CME (Cartão Material Escolar).

Existe uma lista pré-definida de coisas que essa família pode comprar, de acordo com a série escolar das suas crianças e jovens.

Todos os usuários do Cartão Material Escolar GDF que estejam no ensino médio podem gastar até R$ 240,00; os estudantes que estiverem no ensino fundamenta têm uma lista maior de materiais e, devido a isso, podem gastar até R$ 320,00.

Escolhendo todos os materiais, basta mostrar o cartão, salientando-se que a bandeira dele é a VISA.

A Secretaria da Educação do Distrito Federal manda para a família beneficiada a senha do cartão, e o tempo máximo para usá-lo é de 45 dias.… Clique aqui para ler o post completo