Quem tem direito a receber o Renda Mínima SP

Instituído pela Prefeitura de São Paulo, o Programa Renda Mínima SP é um plano de transferência de renda similar ao Renda Cidadã SP, ou seja, é voltado a auxiliar famílias que vivem em situação de vulnerabilidade. A diferença fica por conta da abrangência, afinal o Renda Mínima é restrito à capital paulista, enquanto o Renda Cidadã atende a 644 municípios no Estado.


Muito embora os benefícios sejam baseados no fornecimento de recursos financeiros mensais, o programa também atua em outras frentes visando o desenvolvimento familiar.

Além de realizar os pagamentos, o governo municipal fornece acesso à rede sócio-assistencial do município, estimula o aumento da frequência escolar de crianças e adolescentes, fortalece os vínculos dentro do grupo familiar, bem como promove a convivência comunitária.

Quem tem direito a receber o Programa Renda Mínima (Prefeitura de SP)

Os interessados em fazer parte do programa precisam obrigatoriamente residir no município de São Paulo por um período de pelo menos dois anos, a ser contado até a data de cadastro.

Além disso, é necessário atender a outras exigências para conseguir receber os benefícios:

1. Ter renda bruta por pessoa inferior ou igual a R$ 175,00 por mês

Para saber qual é a renda por pessoa da sua família, você deve dividir o valor total de recebimentos pelo número de integrantes. Por exemplo: em uma família de 5 pessoas, apenas a mãe trabalha, e o salário recebido por ela é de R$ 800.

Dividindo R$ 800 por 5 pessoas, a renda por pessoa é de R$ 160. Sendo assim, essa família já cumpre um dos requisitos para entrar no Renda Cidadã SP.

2. Ter dependentes ou filhos

Pelo menos um dos filhos ou dependentes precisa ter idade inferior a 16 anos e estar matriculados em escola pública. A frequência escolar também é levada em consideração, e deve ser superior a 85%.

3. Vacinação de crianças em dia

Crianças de até 7 anos precisam ter a carteira de vacinação atualizada. Este documento precisa ser apresentado pelos responsáveis no momento do cadastro.

Como fazer o cadastro no Programa Renda Mínima (Prefeitura de SP)

Os interessados em fazer o cadastro no Programa Renda Mínima SP devem comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo do endereço de residência.

A documentação para se cadastrar deve ser tratada com cuidado, pois esses documentos são obrigatórios e decisivos para a prefeitura liberar os benefícios. Portanto, leve tudo o que for solicitado. Veja o que você precisa apresentar no CRAS:

  • Documento de RG, CPF e Título de Eleitor do responsável familiar.
  • Comprovante de residência, lembrando sempre que a família precisa ser residente do município por no mínimo dois anos.
  • Dependentes maiores de 16 anos: RG, CPF, Título de Eleitor e Carteira de Trabalho (caso tenha algum vínculo empregatício).
  • Dependentes menores de 16 anos: RG ou Certidão de Nascimento e declaração da escola que esteja matriculado. Vale ressaltar que a declaração é obrigatória para quem tem 15 anos e 11 meses de idade.

Valores do Programa Renda Mínima SP

O valor a ser pago pelo Programa Renda Mínima SP sofre alteração de acordo com a categoria em que cada família estiver inserida. Levando sempre em consideração a ideia de complementação da renda mensal, os valores são os seguintes:

  • Famílias que possuem até um filho como dependente recebem R$ 140,00.
  • Famílias com dois filhos/dependentes têm direito a receber R$ 170,00.
  • Famílias com três ou mais dependentes poderão receber R$ 200,00.

O que você precisa saber sobre o Renda Mínima SP

Todas as famílias que desejam receber o Renda Mínima SP precisam comprovar que estão em situação de vulnerabilidade, além de estarem cadastradas no Banco de Dados do Cidadão.

Além disso, vale lembrar que os benefícios são temporários e possuem prazo máximo de 24 meses. O pagamento das parcelas pode até ser prorrogado, mas antes precisa ser analisado pela coordenação do programa.

Para obter mais informações sobre o Renda Mínima SP, você pode ligar para o número 156. A ligação é gratuita.

Você acabou de conferir o que precisa ser feito para realizar o cadastro no Renda Mínima SP. Se isso foi útil para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso você tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

12 Respostas

  1. Regina 12 de Janeiro de 2017 / 08:48

    Meu nome é Regina gostaria de saber porque tenho 3 filhos e recebo 113 reais acho que tem algumas contraditórias aí pois antes recebia 180 reais em vez de aumentar diminuiu por que

  2. Telma sales ribeiro 12 de Janeiro de 2017 / 11:00

    Eu fiz o cadastro o renda mínima como saber se fui aprovada tenho três crianças menores de 10 anos todos estão na escola

    • Programa Bolsa da Família 18 de Janeiro de 2017 / 13:39

      Telma, você precisa retornar ao local em que fez o cadastro para saber a situação do seu pedido.

  3. Eliete 12 de Janeiro de 2017 / 12:26

    Gostaria de saber se quem recebe o bolsa família pode fazer o renda minima

    • Programa Bolsa da Família 18 de Janeiro de 2017 / 13:42

      Eliete, é possível fazer o Renda Mínima também.

  4. Claudemir Belizario 31 de Janeiro de 2017 / 12:24

    minha mãe é pensionista, tem direito ao conversor, grato abçs

    • Programa Bolsa da Família 1 de Fevereiro de 2017 / 13:51

      Claudemir, se ela possuir um NIS ativo, vocês têm direito a receber.

  5. Francielly 15 de Fevereiro de 2017 / 16:05

    Dos eu tenho 3 filhos menores de idade.
    Recebo o bolsa familia de 200,00 reais e ganho pensao de 200_00 reais eu tenho direito ao renda minima??

    • Programa Bolsa da Família 13 de Abril de 2017 / 11:09

      Francielly, para ter direito, você precisa ter renda mensal igual ou inferior a R$ 175,00.

  6. Luana 18 de Fevereiro de 2017 / 22:56

    Minha vo pega aquele beneficio BCP ela tem direito a receber o conversor digital. Obg

    • Programa Bolsa da Família 13 de Abril de 2017 / 11:43

      Luana, se o NIS estiver ativo, ela tem direito, sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *