Calendário Bolsa Família 2019

Você está procurando o Calendário Bolsa Família 2019? Veja quando a programação dos pagamentos será revelada e saiba quando você poderá fazer os saques

O Bolsa Família é um sistema de ajuda social que já está no Brasil há alguns anos, tendo como objetivo trazer mais renda para os cidadãos que são considerados “em extrema pobreza”. Essas pessoas estão pelo país inteiro e são beneficiadas de acordo com a sua quantidade de filhos e também com a renda per capita e os depósitos são realizados por meio da Caixa Econômica Federal.

O fato de um indivíduo estar em uma família ajudada pelo Bolsa Família também concede a ele algumas formas de isenção e uma delas é nos concursos públicos: quase sempre, essas pessoas não pagam a taxa de inscrição. Além disso, eles também podem ser priorizados quando se trata de programas de bolsas de estudos, tanto do Governo quanto das próprias faculdades.

Existem dois tipos de Bolsa Família: um que é chamado de variável e o outro, chamado de básico. O variável diz respeito aos núcleos familiares que podem ter mudanças em breve, como quando há uma criança pequena ou então uma gestante. Nesse caso, é possível receber até R$ 205,00 mensais: é possível requisitar até cinco benefícios, que são de R$ 41,00.

Outro tipo de benefício variável é o referente ao jovem, que deverá ter idade entre os 16 anos e os 17. Nesse caso, a família pode requisitar até R$ 96,00: na realidade, são até dois benefícios que, unitariamente, são de R$ 48,00 mensais. Também há mais modalidades de benefício variável, como o destinado a quem está amamentando. Com relação ao benefício que fixo, ele é de R$ 89,00 mensais e para as casas onde a renda per capita é esse valor.


Quem tem direito a recebe o Bolsa Família?

Se a renda per capita é maior que R$ 89,00 mensais, é possível se inscrever somente se houver alguém com até 17 anos. Se ela é menor que R$ 89,00, quer dizer que o núcleo familiar apresenta extrema pobreza e, com isso, não se tem a restrição anterior de idade.

Cabe dizer que as famílias que têm estudantes precisam assegurar que eles são frequentes: há casos nos quais o Bolsa Família é retirado porque existem crianças com faltas excessivas na escola e sem que exista devida justificativa.

Outra necessidade para quem precisar do Bolsa Família é procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) para ser colocado no Cadastro Único. As famílias que não tiverem feito o CadÚnico são impossibilitadas de requerer o benefício, sendo obrigatório ainda que a atualização dos dados tenha sido feita a menos de 2 anos.

Calendário Bolsa Família 2019


Calendário Bolsa Família 2019

É a Caixa Econômica Federal que anuncia os calendários do Bolsa Família a cada ano e as datas nas quais cada cidadão é pago baseiam-se no NIS. Tratando-se de agosto de 2018, por exemplo: os cidadãos cujo NIS termina em 3 receberam a partir do dia 22; já o pagamento para os finais 0 será apenas no dia 31.

No link http://www.caixa.gov.br/programas-sociais/bolsa-familia/Paginas/default.aspx, os cidadãos podem escolher o mês, mas o calendário de 2019 tende a ser liberado somente no começo de janeiro. Destaca-se que usar a página da Caixa Econômica Federal é o modo mais confiável de os beneficiários conferirem seus depósitos.


Passo a passo para dar entrada no Bolsa Família

Primeiramente, é necessário ir ao CRAS, que está em todas as cidades, aguardando que o Ministério do Desenvolvimento avalie cada cadastro e faça a triagem. Caso haja uma lactante, será requisitado que ela entre para as atividades sobre alimentação saudável que o Ministério da Saúde oferece. Já para as gestantes, será requisitado que ela faça o pré-natal e ressalta-se que não realizar os exames pode fazer o benefício ser suspenso.

Quando as mulheres têm de 14 até os 44 anos, é obrigatório que elas também sejam acompanhadas clinicamente, inclusive por intermédio de consulta ginecológica. Será exigida também a vacinação de todos entre os 0 e os 7 anos.

A cada mês, o Ministério do Desenvolvimento Social inclui mais núcleos familiares no programa. Por isso, aqueles que ainda não foram convocados para o Bolsa Família precisam se manter atentos e, se for preciso, retornar ao CRAS para ter informações.

Calendário Bolsa Família 2019


Como fazer o saque do Bolsa Família

As famílias que são selecionadas recebem o chamado Cartão Cidadão, que é utilizado para os saques do benefício. Para esses saques, é necessário ir a uma casa lotérica ou à Caixa Econômica Federal levando o documento de identificação e esse cartão.  Se o saque for por caixa eletrônico, costuma ser preciso somente o Cartão Cidadão.

Depois de recebido, é obrigatório que o beneficiário vá à Caixa ou que ligue para o 0800 72602 07 para realizar o cadastramento da senha. Para fazer isso, será pedido o seu RG, o seu número NIS e também o seu CPF, cabendo ressaltar que se pode usar esse atendimento também quando se bloqueia a senha ou até para a consulta de valor.

Calendário Bolsa Família 2019
Gostou das informações? Deixe a sua avaliação!

Leave a Reply