Categoria: Pagamento Bolsa Família

Décimo terceiro Bolsa Família Pernambuco

Quem recebe Bolsa Família em Pernambuco possui um pagamento a mais para receber em 2020: trata-se do décimo terceiro Bolsa Família PE, que já foi garantido pelo governo pernambucano.

Sendo uma vantagem especial para quem reside nesse Estado, essa parcela extra recebida pelos cidadãos em duas vezes e, lendo este artigo, você entenderá tudo sobre como funciona o 13° do Bolsa Família em Pernambuco.

Décimo terceiro Bolsa Família Pernambuco


Décimo terceiro do Bolsa Família PE: quem tem direito?

Qualquer pessoa que receba o Bolsa Família em Pernambuco terá direito ao 13° do benefício, importando lembrar que só pode participar desse programa de transferência de renda os indivíduos cuja família tem renda per capita de até R$ 178,00.

A permanência no Bolsa Família apresenta bem mais exigências, sendo elas:

  • Comunicar ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) quando a composição familiar mudar;
  • Assegurar que os menores de idade não têm faltas excessivas na escola;
  • Assegurar que os familiares estejam com todas as vacinas organizadas;
  • Comunicar ao Ministério do Desenvolvimento Social quando a renda per capita da família mudar;
  • Realizar o pré-natal no SUS sem faltar aos exames e consultas;
  • Realizar a pesagem semestral no posto de saúde;
  • Participar do recadastramento obrigatório a cada dois anos;
  • Comunicar ao Ministério do Desenvolvimento Social qualquer mudança de endereço.

No caso de uma das coisas acima não ser cumprida, o MDS bloqueia o Bolsa Família até que o beneficiário entre em contato.

Muitas vezes, o benefício é reativado, mas pode ser cancelado definitivamente caso haja novo descumprimento.

Se o benefício estiver suspenso no período de pagamento do 13°, é possível que o cidadão não possa recebê-lo depois.… Clique aqui para ler o post completo

Pagamento Bolsa Família outubro 2019

Consulte as datas do pagamento Bolsa Família outubro 2019 e veja os locais disponíveis para fazer o saque


As famílias com cadastro ativo no Bolsa Família já vivem a expectativa pela liberação do pagamento correspondente ao mês de outubro.

De acordo com o regulamento do programa, os valores são liberados sempre nos últimos 10 dias úteis do mês; sendo assim, em outubro os saques serão liberados no período entre 18 e 31.

A beneficiária que tem NIS final 1 começa sacando a partir do dia 18, quem tem NIS final 2 pode sacar a partir do dia 21, e assim por diante.

Logo mais abaixo você terá o calendário completo para fazer a consulta de todas as datas.


Valores do Bolsa Família outubro 2019

Abaixo você pode consultar os valores regulares do Bolsa Família. Vale lembrar que o pagamento varia de acordo com a situação da família.

Benefício básico

  • Valor: R$ 89
  • Limite de valor por família:R$ 205

Benefício Variável de 0 a 15 anos

  • Valor: R$ 41,00
  • Limite de valor por família:5 benefícios, totalizando R$ 205.

Benefício Variável à Gestante

    • Valor: R$ 41,00
    • Limite de valor por família:5 benefícios, totalizando R$ 205.

Benefício Variável Nutriz

  • Valor: R$ 41,00
  • Limite de valor por família:5 benefícios, totalizando R$ 205.

Benefício Variável Jovem

  • Valor: R$ 49,00
  • Limite de valor por família: 2 benefícios, totalizando R$ 98.

Benefício para Superação da Extrema Pobreza

  • Valor: variável, a partir de R$ 90

Caso tenha dúvidas sobre o pagamento, você também pode utilizar o aplicativo para consultar o valor a receber e o saldo do Bolsa Família.… Clique aqui para ler o post completo

Pagamento Bolsa Família setembro 2019

Confira as informações sobre o pagamento Bolsa Família setembro 2019 e consulte as datas para fazer o saque do benefício


Os beneficiários com cadastro ativo Bolsa Família já vivem a expectativa pela liberação do pagamento correspondente ao mês de setembro.

Seguindo as regras do programa, a liberação dos valores é feita sempre nos últimos 10 dias úteis do mês; dessa forma, em setembro os saques serão liberados no período entre 17 e 30.

Quem tem NIS final 1 começa sacando a partir do dia 17, quem tem NIS final 2 pode sacar a partir do dia 18, e assim por diante.

Logo mais abaixo você poderá conferir o calendário completo.


Valores do Bolsa Família setembro 2019

Os benefícios seguem com os mesmos valores em relação a julho de 2019. Abaixo você pode consultar as quantias utilizadas como base. Vale lembrar que o pagamento varia de acordo com a situação da família.

Benefício básico

  • Valor: R$ 89
  • Limite de valor por família:R$ 205

Benefício Variável de 0 a 15 anos

  • Valor: R$ 41,00
  • Limite de valor por família:5 benefícios, totalizando R$ 205.

Benefício Variável à Gestante

  • Valor: R$ 41,00
  • Limite de valor por família:5 benefícios, totalizando R$ 205.

Benefício Variável Nutriz

  • Valor: R$ 41,00
  • Limite de valor por família:5 benefícios, totalizando R$ 205.

Benefício Variável Jovem

  • Valor: R$ 49,00
  • Limite de valor por família: 2 benefícios, totalizando R$ 98.

Benefício para Superação da Extrema Pobreza

  • Valor: variável, a partir de R$ 90

Caso tenha dúvidas sobre o pagamento, você também pode utilizar o aplicativo para consultar o valor a receber e o saldo do Bolsa Família.… Clique aqui para ler o post completo

Como funciona o Abono Natalino do Bolsa Família 2019

Confira as regras e entenda quem pode receber o pagamento do abono natalino Bolsa Família 2019

As parcelas que o Bolsa Família paga aos beneficiários todos os meses são fundamentais para que essas pessoas possam pagar contas mais urgentes e ter um pouco mais de qualidade de vida.

Entretanto, o final de ano é uma época na qual os gastos são maiores e muitos acabam ficando frustrados por não conseguir desfrutar de presentes ou de uma ceia. O abono natalino do Bolsa Família serve para mudar essa situação.

Oferecido no Estado da Paraíba, trata-se de um valor a mais que os beneficiários recebem no mês de dezembro para possibilitar uma comemoração de fim de ano.

Saiba já como funciona o abono natalino do Bolsa Família em 2019.


Quem pode pedir o abono natalino do Bolsa Família em 2019?

Apenas as pessoas que já são beneficiárias e que têm uma situação maior de vulnerabilidade podem pedir esse abono natalino.

Isso significa que essa quantia extra é liberada quando o indivíduo tem renda per capita máxima de R$ 89,00, o que caracteriza a extrema pobreza; entretanto, quem tiver renda per capita ligeiramente mais alta e quiser tentar o abono natalino, pode.

Vale a pena recordar quais são os critérios para alguém estar no Bolsa Família:

  • Ter renda per capita máxima de R$ 89,00 (o que configura, como mencionado acima, a extrema pobreza);
  • Ter renda per capita máxima de R$ 178,00 (significando condição de pobreza);
  • A renda per capita tem de ser comprovada por meio de documentos e não pode, em situação alguma, ser mais alta que o valor acima mencionado;
  • Não há necessidade de o solicitante ter filhos.
Clique aqui para ler o post completo

Quem tem direito a receber Bolsa Família 2019

Veja como funcionam as regras e saiba quem tem direito Bolsa Família 2019

A solicitação do Bolsa Família é a saída para diversos brasileiros cuja condição se encaixa em pobreza ou em extrema pobreza.

Com esse benefício social, essas pessoas e as suas famílias conseguem um complemento de renda todos os meses, além de acompanhamento médico.

O programa Bolsa Família é federal e administrado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Isso significa que pessoas de qualquer parte do país podem solicitar o benefício, que tem a vantagem de não ter data de validade.

As famílias podem receber a ajuda pelo tanto de tempo necessário para que a sua situação financeira se torne estável.


Quem tem direito ao Bolsa Família 2019

Apenas as famílias que têm renda per capita de até R$ 170,00 podem se cadastrar para o programa, não existindo a exigência de que haja filhos.

Esse critério seguirá em 2019, assim como os benefícios variáveis, aos quais têm direito

  • Famílias com crianças até 15 anos;
  • Lactantes;
  • Jovens entre 16 e 17 anos;
  • Grávidas.

Esses benefícios variáveis têm validade, diferentemente do benefício básico. Uma vez que a pessoa passa dos 17 anos, o adicional é perdido; no caso das lactantes, é pago por até seis meses; para as grávidas, é pago até o parto.


Cadastro Bolsa Família 2019

É importante que a família tenha determinados documentos para pedir esse benefício

  • Comprovante de residência com data de até 90 dias;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante de renda;
  • CPF;
  • Certidão de casamento ou nascimento;
  • Documento de identidade;
  • Título de eleitor.
Clique aqui para ler o post completo