Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único

Confira as orientações e saiba o que é necessário para fazer agendamento CRAS SP para atendimento do Cadastro Único

O Cadastro Único é uma espécie de inventário no qual o governo federal relaciona todas as pessoas que recebem assistência social.

Provavelmente, o programa público mais associado ao CadÚnico seja o Bolsa Família e todos os interessados precisam se apresentar ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Suas unidades estão em vários lugares de São Paulo e, na capital, os cidadãos podem agendar o atendimento para CadÚnico pela Internet.

Veja aqui como realizar o agendamento.


Programas sociais relacionados ao CadÚnico

A família que faz parte do Cadastro Único do governo federal pode solicitar participação em vários programas:

  • Bolsa Família – principal programa de complemento de renda do governo federal
  • Tarifa Social de Energia Elétrica – com ela, as famílias vulneráveis têm kWh à disposição e sua conta de energia fica mais baixa;
  • Minha Casa Minha Vida – uma iniciativa nacional na área da habitação, tem o objetivo de oferecer financiamentos de imóveis residenciais mais acessíveis;
  • Aposentadoria para pessoas de baixa renda – permite que o cidadão pague contribuição previdenciária mais baixa;
  • Isenção de taxa para os participantes de concursos públicos, vestibulares ou ENEM;
  • Carteira do Idoso – permite que os cidadãos com idade mínima de 60 anos tenham descontos e, viagens interestaduais ou viagem de graça.

Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único


Como funciona o CRAS

O CRAS é um serviço público que a população usa para dar entrada em programas sociais e para receber auxílio em várias esferas, inclusive psicológica.

Ele está no país inteiro e um dos públicos que ele acolhe é o composto pelas mulheres agredidas, além de haver orientação sobre trabalho infantil, auxílio em caso de deficiências, de desastres naturais e muito mais.

A vulnerabilidade das famílias também é acompanhada pelo CRAS, que as cadastra para que seja possível receber o Bolsa Família.

Além desse primeiro cadastro, é no Centro de Referência de Assistência Social que as pessoas se reapresentam a cada dois anos para continuar recebendo o auxílio.


Agendamento do CRAS SP para Cadastro Único                                     

A prefeitura de São Paulo está viabilizando, desde 2017, o agendamento virtual das pessoas que precisam de serviços do CRAS.

A expectativa da administração municipal é que todas as unidades logo estejam com o sistema para agendamento virtual, que é muito simples:

  • O cidadão acessa o Agendamento Eletrônico de Atendimento clicando aqui;
  • Clica em “Agendar atendimento”, na parte superior da página;
  • Colocam-se as informações do responsável pela família, ou seja, da pessoa que vai fazer a solicitação do Bolsa Família;
  • Escolhe-se o posto do CRAS e o dia de atendimento;
  • Imprime-se o protocolo

Destaca-se que a pessoa que procura o CRAS SP para entrar no Cadastro Único não precisa ser a mantenedora.

Há muitos casos nos quais a família é mantida pela mãe e é um irmão mais velho (maior de idade) que procura pelo CRAS paulistano para cadastrar-se. Isso é possível desde que se comprove a relação de dependência com o mantenedor.

Alguns podem acreditar ser incoerente pedir que os cidadãos em situação vulnerável façam um agendamento virtual e ainda imprimam um protocolo.

No entanto, essas pessoas podem fazer tudo isso de maneira gratuita em um dos pontos de acesso que a prefeitura de São Paulo distribui.

Para saber onde acessar a Internet de graça, é só buscar uma biblioteca pública e se informar.


Documentos para atendimento de Cadastro Único no CRAS SP

A documentação exigida pelo Centro de Referência de Assistência Social muda de acordo com o tipo de assistência necessária.

Para ser incorporado ao Cadastro Único, o cidadão precisa apresentar os seguintes documentos de todas as pessoas da família:

  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Documento de identidade oficial com foto;
  • Título de eleitor;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho

O responsável pela família, ou seja, quem faz o cadastro no CadÚnico, também terá de levar seus documentos.

Deve-se observar que os quilombolas e os indígenas também podem se cadastrar no CRAS SP; o responsável por uma família indígena, no entanto, precisará ter um documento chamado de RANI.

O CRAS SP não exige o comprovante de endereço e nem a declaração de matrícula dos menores de idade.

Porém, é indicado que o solicitante do CadÚnico providencie essas duas coisas e que as apresente junto aos demais documentos.

Deve-se levar ainda o protocolo de agendamento eletrônico e que ele precisa ser impresso.

Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único


Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único em outras cidades

O agendamento eletrônico mencionado acima é disponibilizado pela prefeitura paulistana; para os moradores de outros municípios se inscreverem no CadÚnico, deve-se comparecer diretamente no CRAS.

A documentação necessária é a mesma, menos o comprovante de agendamento eletrônico.

O site do Governo do Estado de São Paulo mostra todos os endereços do centro de referência aqui; clicando no hiperlink azul, surgirá um documento PDF com todas as unidades, seus telefones e endereços.

No Estado todo, encontram-se 1.151 postos de atendimento onde se solicita o Cadastro Único.

Como funciona o agendamento do CRAS SP para Cadastro Único
5 (100%) 1 voto[s]

Deixe um comentário