Polícia prende dois homens por fraude no Bolsa Família

A Polícia Federal prendeu dois homens em flagrante na manhã desta terça-feira (28), em Rio Grande (RS), por fraudar saques do programa Bolsa Família e por praticar estelionato.

Os policiais obtiveram conhecimento da prática ilícita ao receber uma denúncia de que um dos envolvidos realizava diversas retiradas de dinheiro em uma casa lotérica utilizando o cartão do Bolsa Família. Ao interrogar o detido, a PF descobriu uma operação com clientes de um minimercado localizado na Estrada Roberto Socoowski.

Valor-Bolsa-Família-2015

A atividade funcionava assim: os consumidores compravam os produtos sem pagar e, em troca, cediam cartões do Bolsa Família, de banco e de alimentação ao proprietário do estabelecimento. Depois, o dono sacava os valores nas datas de recebimento. A PF apurou que ele fazia aproximadamente 20 saques por mês, totalizando R$ 50 mil em movimentações.

No minimercado, a polícia apreendeu R$ 2.775,00, diversos comprovantes de transações financeiras e inúmeros cartões assistenciais em nomes de terceiros. Todos continham a senha no verso.

Os presos foram levados ao Presídio Estadual do Rio Grande (PERG), onde ficarão à disposição da Justiça. A polícia vai convocar os beneficiados do Bolsa Família para prestar esclarecimentos. Eles podem perder o direito de receber o benefício, pois os cartões são pessoais e não podem ser transferidos a terceiros.